Notícias

Blairo ouve reivindicações dos produtores de frutas do Vale do São Francisco

22/11/2016

Ministro quer contribuir para impulsionar ainda mais as exportações do setor

O governo federal quer contribuir com os fruticultores da Vale do São Francisco para que aumentem ainda mais a participação de frutas, vinhos e espumantes da região no mercado nacional e internacional, disse nesta terça-feira (22) o ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) durante visita aos municípios de Juazeiro (BA) e Petrolina (PE) e aos associados da ABRAFRUTAS.  

O ministro visitou as fazendas de produção e packing house das empresas Queiroz Galvão, Agrobrás, Agrícola Famosa, entre outras associadas.

Na tarde desta terça, o ministro se reuniu com produtores da região. Eles reclamaram de problemas de legislação trabalhista e de burocracia. Blairo lembrou aos produtores que o governo federal lançou, em agosto deste ano, o Agro+, plano voltado à desburocratização, modernização e simplificação de normas e procedimentos do Ministério da Agricultura. Com o Agro+, o governo pretende elevar de 7% para 10% a participação agronegócio brasileiro no comércio mundial agrícola.

No encontro com os produtores, Maggi foi objetivo. “Aquilo que for possível fazer, vamos trabalhar para resolver o mais rápido possível.” Ele se comprometeu, por exemplo, a informar o governo federal sobre a crise hídrica vivida pela região. “O gerenciamento de águas não é atribuição do Ministério da Agricultura, mas vamos levar essa preocupação dos produtores daqui para o governo.”

Nesta quarta (23), o ministro visita áreas de produção de camarões, em Aracati, e de frutas em Icapuí, no interior do Ceará. O secretário-executivo Eumar Novacki e os secretários de Defesa Agropecuária, Luis Rangel, e de Mobilidade Social, do Produtor Rural e do Cooperativismo, José Rodrigues Dória, acompanham Maggi na viagem ao Nordeste.  

ABRAFRUTAS


Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados

SGAN Quadra 601, Módulo K - Térreo - Asa Norte
Brasília/DF • CEP: 70830-021
Fone: +55 61 2109-1635